Em carta aberta, povo Ashaninka exige resolução de processo que dura mais de 20 anos

A APIWTXA, associação que representa o povo Ashaninka na Terra Indígena Kampa do Rio Amônea, publicou uma carta aberta contra os recursos protelatórios em benefício de madeireiros em um processo que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF). Em 1996, o Ministério Público Federal entrou com uma ação pedindo reparação pela ação ilegal de madeireiras da…